terça-feira, 26 de junho de 2018

INSTALAÇÃO, DIPLOMAÇÃO E POSSE DOS MEMBROS DA ACADEMIA MARANHENSE DE CIÊNCIAS, LETRAS E ARTES MILITARES - AMCLAM

                 No dia 20 de junho de 2018, o salão de eventos do Grêmio Lítero Recreativo Português na Praça João Lisboa, foi palco de um dos eventos culturais mais significativos ocorridos ultimamente na Athenas Brasileira, a solenidade de instalação, diplomação e posse dos membros imortais da Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares – AMCLAM.

Intitulada “Casa do Brigadeiro Falcão” é um sodalício cultural cujos membros integrantes fazem parte da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) e personalidades maranhenses que com estas instituições, possuem laços fraternos de amizade, todos possuidores de habilidades nas ciências sociais, letras e artes.

A solenidade iniciou-se com a composição da mesa, integrada pelo Coronel RR Furtado – Presidente da AMCLAM, Coronel Luongo – Comandante Geral da PMMA, Promotor de Justiça Teodoro – Representando o Procurador Geral de Justiça (Promotor de Justiça Luiz Gonzaga), Coronel RR Jesus – Vice Presidente da AMCLAM, Procurador de Justiça Aposentado – Raimundo Marques, Promotor de Justiça Aposentado Clésio Muniz – Presidente do Conselho Fiscal da AMCLAM, Cel QOPM Aritanã – Comandante do CPAM-3 e TC FAB Renato – Representante do CLA (Cel FAB Luciano).

                                
Em seguida procedeu-se o acendimento das luzes, representando a sabedoria, realizada pela Sra. Fabiane dos Santos Santana Moreira, esposa do Presidente, Cel Carlos Augusto Furtado Moreira da Reserva Remunerada da Polícia Militar do Maranhão.


             
    Aberta a sessão, os presentes cantaram o hino nacional brasileiro, executado pela Banda de Música da PMMA.
             
    Em seguida o primeiro secretário da entidade, Professor José Olímpio da Silva Castro fez a leitura das memórias históricas dos trabalhos preliminares para a instalação da Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares - AMCLAM.
     Na sequência foi diplomado o presidente por sua esposa, Sra. Fabiane dos Santos Santana Moreira e seus genitores, Sr. José de Ribamar Moreira e a Sra. Isabel Furtado Moreira e logo em seguida Acadêmicos por suas madrinhas e padrinho com o Diploma de Acadêmico Efetivo Perpétuo.

                                           



ORD
ACADÊMICOS EFETIVO PEPÉTUO
01
Carlos Augusto Furtado Moreira
02
Alberto José Tavares Vieira da Silva
03
Wilmar Maciel Mendes
04
Jose Olímpio da Silva Castro
05
Francisco Sousa
06
Antônio Roberto dos Santos Júnior
07
Francisco Marialva Mont’Alverne Frota
08
Jorge Allen Guerra Luongo
09
Wermeson Pinheiro Barbosa
10
Raimundo Ferreira Marques
11
Raimundo Gomes Meireles
12
Pedro Ivo de Carvalho Viana
13
Sebastião Bispo Lopes
14
Fuad Alexandre Amate
15
Clésio da Gama Muniz
16
Raimundo de Jesus Silva
17
Gilmar Vale Frazão
18
Manoel Lobato Oliveira
19
Afonso Celso do Nascimento
20
Carlos Frank Pinheiro de Oliveira
21
Ebnilson Costa Carvalho
22
Laércio Marques do Nascimento Filho
23
James Ribeiro da Silva
24
Vera Lúcia Bezerra Santos
25
Francisco Rodrigues
26
Márcio Henrique Teixeira
27
Franklin Pachêco Silva

Obs: os Acadêmicos em destaque, não tomaram posse em razão de problemas de saúde.

             O juramento foi proferido pelo Vice Presidente, Cel Raimundo de Jesus Silva e acompanhado por todos os Acadêmicos:
                          
                “Como membro efetivo e perpétuo da Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares / comprometo-me, / sob a ordem feliciana / produzir comprometido, / em busca de assertivas / ao evoluir sócio-cultural humano e civilizador, / sob princípios éticos, / de honestidade e responsabilidade, / de união, pacificação, / socialização de saberes / e alimentos, / com linearidade / paradigmaximizativa / de oportunidades subsistenciais / e de acessos,/ independentemente de origens, / línguas, / funções e gêneros, / harmonizando-se / em assertivas integrativas à natureza, / de necessidades bioéticas /co-existenciais à sobrevivência / das espécies bioeletroquímicas / que compõem o micro e macrocosmo, / encontrando no planeta, / uma célula, /de um decifrável universo / em sincronicidade, / onde eu, /como comfrade, / assumo neste ato, / imortal responsabilidade / transcodificadora / ao religar / cosmobiopsicosóciocinesiológico”
               Após o juramento, os Acadêmicos já imortalizados trocaram entre si, cumprimentos acadêmicos iocinergéticos.

                           


                 O Dr. Fuad Alexandre Amate realizou a saudação, falando em nome de todos os Acadêmicos diplomados.

Em seguida uso da palavra, o Cel Jorge Allen Guerra Luongo, Comandante Geral da PMMA que enfatizou a importância que a AMCLAM possui para a corporação e para a cultura maranhense, vez que integra policiais militares com habilidades nas ciências, letras e artes.

                           
                 Já o Cel Furtado, historiador e idealizador da Academia, discursou:
                          
Senhoras e senhores. Boa noite.
Fundamentado em normativas a mim facultadas estatutariamente, neste ato, dou posse vitalícia aos escritores, pesquisadores e artistas militares e civis, nestes 20 dias do mês de junho de 2018,  nesta cidade de São Luís, no Estado do Maranhão,  atribuindo-se lhes as prerrogativas de imortalidade acadêmica da Ordem Feliciana,  às suas cadeiras, nomes, obras e patronos.
Concretiza-se nesta data na presença de vós, lídimos representantes da sociedade maranhense, a realização de um sonho.
Sonho este acalentado a mais de 33 anos quando iniciei minha atividade formativa ao frequentar o Curso de Formação de Oficiais na Polícia Militar do Estado de Minas Gerais em 29 de janeiro de 1985.
Portanto, essa é uma noite especial, pois ficará marcada nos anais da história e de nossas vidas. Inauguramos de forma transcendental a nossa imortalidade científica, literária e artística.
Agradeçamos ao nosso maravilhoso Deus por essa realização, pois, se não fosse por sua permissão, nada disso seria possível.
Por outro lado, é de fundamental importância agradecer à todos que direta ou indiretamente, contribuíram para esse acontecimento, nossos familiares, os Acadêmicos e aos parceiros.
Ademais, a todos nós não faltou fé, esperança, disciplina, superação, empreendedorismo, ousadia e coragem para realizar o que era necessário ser feito.
Superamos a nós mesmos, embora que alguns duvidassem da nossa capacidade. Vivemos em uma sociedade altamente competitiva, submetida aos conflitos e crises existenciais, ao estresse emocional, à pressão psicológica, aos medos, aos fracassos, ao cansaço, às cobranças, às responsabilidades, ao estresse profissional e às incertezas do amanhã, portanto, tudo isso custou um alto preço, hoje plenamente recompensado.
Anos de dedicação, cada um produzindo aquilo que sua capacidade intelectiva pode ofertar a seus semelhantes.
Aquela ansiedade desde quando iniciamos as nossas reuniões e contatos, é passada agora como um filme, onde palmilhamos as adversidades pela falta de crença de alguns, pelo ineditismo, mas sobretudo por acreditarmos em nós mesmos de que seria possível.
Estamos aqui hoje para festejar o término de um importante ciclo que iniciamos há algumas décadas e coroarmos nossos esforços, pois o que parecia uma eternidade, agora é uma realidade.
Esperamos estar à altura dos nossos patronos que com suas vidas gloriosas, dignificaram a sociedade maranhense e brasileira, vocês que testemunham essa noite gloriosa prometemos dar o melhor de nossos esforços para seguir as suas trajetórias retilíneas, sinceras e honestas.
O nosso agradecimento àqueles que, mesmo de fora, mas sempre presentes, nos quiseram bem e nos apoiaram nos difíceis momentos.
Desejo a todos nós, muita paciência!
Nem tudo será tão rápido, mas, haveremos de legar o melhor de nós.
Desejo muita sorte, porque somado ao talento, a vontade e ao amor, haveremos de cumprir tudo o que estamos nos propondo.
Obrigado!

Em seguida os Acadêmicos posaram para foto oficial.

                        
               Finalizando a solenidade a banda de música da PMMA brindou a todos com clássicos da música popular brasileira.
                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caros amigos

Poder expressar-se é a oportunidade de compartilhar conhecimentos adquiridos ao longo de nossa existência, portanto, sejam benvindos as minhas considerações profissionais.